Publicado em Deixe um comentário

Alergia x Intolerância Alimentar

Por Cristiane Silveira – Nutricionista

Quantas vezes ouvimos alergia a lactose? Ou Intolerância ao leite?

Você sabe se elas existem? ???

As alergias alimentares são frequentemente confundidas com quadros de intolerância, porém as causas são diferentes, bem como seus tratamentos.

A alergia alimentar é uma reação do sistema imunológico (de defesa do organismo) contra algo (alérgeno) que ele julga estranho, em geral proteínas, que podem ser provenientes de alimentos, ácaros, pólens e pelos de animais. Na alergia, o sistema imunológico responde de forma exagerada e incomum a algum componente do alimento e este é compreendido pelo organismo do ser humano como um agente agressor.

 

O correto então é alergia as proteínas do leite de vaca (APLV), principal causa de alergia alimentar na infância, é causada pelas proteínas do leite: caseína, alfalactoalbumina e beta-lactoglobulina. O mecanismo imunológico mais comum na APLV é a produção de anticorpos específicos do tipo IgE contra essas proteínas, que podem ser detectados através de exames alérgicos na pele ou através de análises no sangue. Porém, nem todas as formas de alergia alimentar apresentam IgE aumentada no sangue.

Em geral, os sintomas acontecem logo após a ingestão do alimento, mesmo em porções mínimas, e podem envolver diversos órgãos e sistemas como: tubo digestivo (cólicas, vômitos, diarreia, sangramento nas fezes); pele (urticária); sistema respiratório (chiado no peito); e até mais severos como edema de glote e choque anafilático (queda da pressão com perda da consciência), além de sintomas gerais como dificuldade no ganho de peso e de crescimento.

O tratamento correto se baseia na exclusão TOTAL do alimento envolvido e seus derivados da dieta alimentar, o que leva à solução dos sintomas.

Intolerância alimentar é definida como uma dificuldade do organismo no processo de digestão de determinado alimento, normalmente por ausência das enzimas digestivas. No caso do leite de vaca, o principal responsável pelos casos de intolerância é a lactose, um açúcar presente em sua composição. A intolerância ocorre devido à ausência total ou parcial da lactase, enzima responsável pela sua digestão.

Os sintomas da intolerância são exclusivamente gastrointestinais (gases, diarreia, cólica, dor abdominal) podendo ocasionar em minutos ou horas após a ingestão do alimento. Ao contrário da alergia, o aparecimento dos sintomas normalmente é dependente da quantidade do alimento ingerida, e geralmente não é necessária a exclusão total do alimento em questão. vários indivíduos toleram inclusive a ingestão de derivados (queijos, iogurtes etc.) que contêm menos lactose que o leite em si.

Diferenciar a alergia alimentar da intolerância é fundamental para que pacientes e seus familiares façam um correto tratamento

Então não existe intolerância ao leite, o correto é Intolerância à lactose que é diferente de Alergia a proteína do leite (APLV)!

Acompanhe nossa nutri, nas redes sociais!

www.facebook.com/cristianesilveiranutricionista/

www.instagram.com/cristianesilveira_nutri/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *