Publicado em Deixe um comentário

A Síndrome do Bebê Chiador

#Repost Dra. Janaina Melo – Alergista e Imonologista

    Nos períodos mais frios do ano, é comum que doenças respiratórias acometam as crianças de todas as idades, inclusive os bebês. Mas há casos em que ocorrem episódios repetidos ou prolongados de chiado, gripe, tosse e falta de ar, este quadro pode indicar que seu filho seja um bebê chiador.

A Síndrome do Bebê Chiador é caracterizada por chiado (sibilos) no peito, tosse e falta de ar, que vem associada em 90% dos casos a uma infecção causada por vírus. Essa síndrome afeta bebês de até 24 meses de vida.

   O quadro de bebê chiador pode sinalizar várias doenças, a ASMA é a mais comum dessas doenças, mas o chiado no peito pode ser decorrente da aspiração de um corpo estranho, do refluxo do estômago, de outras doenças pulmonares, de viroses e demais infecções das vias respiratórias. Por isso, é importante que, ao notar a presença de chiados constantes, o bebê seja levado ao médico alergista, pois, assim, é possível fazer um diagnóstico precoce e iniciar o tratamento adequado.

LEMBRE-SE! A prevenção ainda é a melhor forma de evitar o chiado, portanto, evite manter os bebês perto de fatores desencadeantes da doença, como poluição, ácaros, mofo, fumaça de cigarro, etc.

http://www.drajanainamelo.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *